15 YouTube views, likes subscribers in 10 minutes. Free!
Get Free YouTube Subscribers, Views and Likes

Meus Amigos Estavam Comigo Por Causa Do Meu Dinheiro

Follow
ACONTECEU MESMO

★ Inscreva-se em ACONTECEU MESMO: http://bit.ly/2QAFI3k

Esta é a Britney, uma garota de sorte, pois veio de uma família bem rica. Mas ela não está aqui para se gabar. Infelizmente, todo mundo tem seus próprios problemas e os dela não são menores do que os de ninguém.

Britney não se acha arrogante, esnobe ou qualquer outra coisa que as pessoas costumam pensar sobre os filhos de famílias ricas. O pai dela é uma pessoa muito simples, um homem que construiu sua fortuna sozinho, que deseja que seus filhos trabalhem para construir a vida deles também. Isso não significa que eles têm uso limitado de dinheiro – a ideia dele é que os filhos invistam tempo e esforço para estudar e trabalhar como qualquer pessoa. É por isso que todos sempre levaram uma vida simples, morando em uma casa comum, e não em uma mansão. Seu pai também insistiu para que eles não fossem para escolas particulares top de linha, mas para colégios comuns.

Quando era criança, Britney nem notava a diferença entre as outras crianças e ela. Todos compartilhavam os mesmos estudos e brincadeiras. Ela é muito sociável, então nunca teve problemas para fazer novas amizades. Mas quando virou adolescente e mudou de escola, ela percebeu que as coisas tinham mudado. Todo mundo estava dividido em grupos e classes – não havia mais um grupo de crianças. Agora eram os nerds, os atletas, as líderes de torcida, os valentões, os patetas e daí por diante. Ela não gostava desse conceito de classificação humana, mas todo mundo precisa se adaptar para conseguir aproveitar sua vida.

Como Britney é bem fácil de lidar, ela acabou se encaixando no grupo das “celebridades”. Esse não era seu objetivo, claro, mas ela era nova na escola e só queria fazer novas amizades. E simplesmente foi convidada a andar com elas, então pensou: “por que não?” Elas pareciam ser pessoas legais. Conversavam muito sobre roupas de grife, aparelhos eletrônicos e tudo o mais que estava na moda. Foi aí que descobriu que seus novos amigos de alguma forma já sabiam quem ela era e de que família vinha. E então começou desconfiar deles. Ela não é boba – sabe que às vezes as pessoas podem escolher seus amigos com algum interesse próprio.

Britney começou a observá-los com mais atenção. Seu pai a ensinou que é preciso prestar bem atenção nas pessoas para só depois confiar nelas, mesmo que não tenha havido alguma experiência que recomendasse desconfiar delas. Mas tudo parecia ok. Era um grupo bem grande: eram 8 pessoas, cada uma com uma personalidade diferente. Pessoas comuns com personalidades diferentes, tudo bem, ela pensou. Eles passavam muito tempo juntos, se encontravam fora da escola também e, à medida que o tempo foi passando, Britney não notou nenhum interesse deles na situação financeira da família dela.

Quando as coisas começaram a mudar, ela nem percebeu. Quando eles saíam, uma ou duas amigas pediam para a Britney pagar o ingresso do cinema ou um café e juravam que iram devolver o dinheiro depois. Elas nunca pagavam, e Britney achava aquilo muito insignificante para cobrar. Mas o apetite dos amigos só foi crescendo. Ás vezes, a pediam para pagar uma rodada de boliche ou um lanche pra todo mundo. Britney não achava aquilo justo, mas eram seus amigos e ela ficava sem graça de discutir por causa de dinheiro. Mas começou a ficar irritada com aquela situação e pensou: “E se eles tiverem feito amizade comigo só por causa do meu dinheiro? E se eles nem gostarem de mim?”

Chega um momento em que pensar demais sobre essas coisas deixa a gente meio paranoico. Britney queria saber se eles gostavam mesmo dela ou apenas do seu dinheiro. Ela já tinha tido problemas relacionados à confiança, e achou melhor ficar sozinha do que com amigos interesseiros. Então, um dia encontrou com eles, com o semblante supertriste, dizendo que seu pai tinha perdido um negócio importante e que ele teve que cortar a mesada dela.

Britney viu todos trocarem olhares, mas não disseram nada. Tudo estava normal, e ela tinha respirado aliviada. Mas quando resolveram ir ao cinema, ela pediu a alguém para pagar para ela. “Eu tô sem dinheiro”, disse, “desculpa gente, eu pago vocês assim que puder”. Eles trocaram olhares de novo. “Olha, nós não somos ricos como você e não podemos te bancar, desculpa. Talvez seja melhor você ir ao cinema uma outra hora.”

Então era isso mesmo. Agora ela tinha certeza! Como pôde imaginar que alguém poderia não ter interesse no dinheiro dela?! A garota ficou ali, decepcionada, olhando eles virarem as costas e irem embora. Ela percebeu que apenas a Lia tinha ficado ao seu lado. “Olha”, ela disse, “você precisa de ajuda? Quer conversar? Eu entendo que isso é difícil”. Lia se ofereceu para pagar para a Britney quando elas foram tomar um café. Britney agradeceu de todo o coração, pois, de alguma forma, Lia tinha restaurado sua fé nas pessoas. Elas viraram amigas, e Britney nunca mais voltou para o grupo de celebridades.

Música por Epidemic Sound: https://www.epidemicsound.com Minha Mãe Me Humilhava, E Eu Fiquei Chocada Quando Descobri O Motivo. Meu avô revelou o segredo de nossa família antes de morrer. Meus Pais Não Conseguem Me Perdoar Pelo Que Eu Fiz Naquela Noite. Meus pais me deram para adoção. Minha Peruca Caiu, E Todos Os Meus Amigos Viram Que Eu Estava Careca. Meu Pai Abandonou Nossa Família Por Causa De Outra Mulher. Meus Pais Gostam Mais Da Minha Irmã Do Que De Mim. Alguém Roubou Meu Celular E Postou Coisas Horríveis. Eu Gaguejava e Fingia ser Mudo. Meu namorado era um mentiroso patológico.

posted by scillingebs


Recommended